Como utilizar nossos produtos Recomendações ConcreCel Recomendações ConcreCel Detalhamento técnico dos produtos Detalhamento técnico dos produtos Informações importantes sobre nossos produtos Informações importantes sobre nossos produtos
Vantagens dos Produtos Vantagens dos Produtos Como utilizar nossos produtos
Recomendações ConcreCel
 
Informações Importantes - DICAS
 
DESCARGA E ARMAZENAMENTO
Os blocos de CCA devem ser descarregados e armazenados bem empilhados (na vertical) em local coberto, seco e ventilado.

IMPORTANTE:
Os blocos não devem ser aplicados quando estiverem com umidade superior a 15% do volume, ou seja, densidade aparente de massa superior a 580 Kg/m³.

COMO CORTAR O BLOCO
Os blocos podem ser serrados, furados, escarificados e pregados. Utilizam-se as mesmas ferramentas empregadas em trabalhos com madeiras, reduzindo-se as perdas. Fornecemos serrote com dentes especiais para este fim.

ARGAMASSA DE ASSENTAMENTO
Para melhor acomodar as movimentações, utilize argamassa com as seguintes características:

• Trabalhabilidade e coesão que possibilite o espalhamento para o assentamento de, no mínimo, três blocos (1,80m), permitindo que os mesmos sejam corretamente aprumados, nivelados e alinhados
• Módulo de deformação máximo de 10.000 Kg/cm², determinado a partir de ensaio específico.
• Aderência bloco-argamassa, na flexão, média mínima igual a 2 Kg/cm² aos 14 dias de idade.

Na ausência de um traço específico, recomenda-se empregar argamassa convencional mista, 1:3:7.5 (cimento, cal hidratada - CH1, e areia lavada média), em volume com espessura de 10 a 15mm. Deve-se dar preferência ao uso de argamassas industrializadas (ensacadas) desenvolvidas especialmente para o emprego em blocos de CCA.

ELEVAÇÃO DA ALVENARIA
Para iniciar a marcação do pavimento, deve-se observar:

• Concretagem do pavimento executado a pelo menos 45 dias
• Retirada total do escoramento do pavimento a pelo menos 15 dias
• Retirado completamente o escoramento da laje do pavimento superior
• Realizado o nivelamento do pavimento

A primeira fiada deverá ser assentada, com a mesma argamassa, utilizando-se duas linhas (topo e base), para garantir perfeito alinhamento e prumo.

Para iniciar o levante da alvenaria, deve-se observar:
• Estarem concretadas pelo menos 4 lajes acima do pavimento;
• Estarem totalmente desformadas 2 lajes acima do pavimento.
• Deverão ser assentadas no máximo 8 fiadas (2,40m) por dia, sendo, de preferência 4 em cada período de trabalho do dia.

FIXAÇÃO (ENCUNHAMENTO)
O enchimento do vão de 3cm entre a alvenaria e a viga ou laje, somente deverá ser executado após conclusão de toda a alvenaria da edificação. Caso isto não seja possível, adotar a seqüência proposta no item 7.4 do Manual Técnico.

Para este enchimento empregar argamassa com as seguintes características:
Módulo de deformação máximo de 8.000 Kg/m²; e Aderência bloco-argamassa, na flexão, média mínima igual a 3 Kg/m² aos 14 dias de idade (vide item 6.10 - Manual Técnico).

ARGAMASSA DE REVESTIMENTO
As paredes internas geralmente não necessitam de chapisco para receberem massa única (tipo paulista). Recomenda-se o traço 1:2:9 (cimento, cal hidratada CH1, e areia lavada média), em volume.
A espessura recomendada varia entre 25 e 35mm, aplicada em uma única vez.
Estes traços são apenas referências.
As argamassas deverão ser dosadas considerando-se o desempenho esperado e as características dos materiais locais. (vide capítulo 2 do Manual Técnico).

TUBULAÇÕES ELÉTRICAS E HIDRÁULICAS
Para sulcar as paredes de CCA, use o rasgador manual (fornecido) ou elétrico, evitando o emprego de marreta e talhadeira.
 
Voltar